segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Fashion Rio Inverno 2012: Highlights

A semana de moda carioca se encerrou no ultimo sábado (14/01) e trouxe uma proposta de um inverno não tão rigoroso: o comprimento mini apareceu com freqüência. Nas cores estavam o branco, azul, laranja, camelo e o queridinho da estação: o preto. Nos tecidos foi a vez do jeans, da seda e do tricô. Peças com recorte maxi, macaquinhos e estampas geométricas estavam presentes em diversos desfiles.


Alexandre Herchcovitch abriu a semana de moda no Rio de Janeiro. Sua coleção contou com muito jeans em diferentes lavagens, cintura marcada, caramelo e o branco. A presença marcada dos anos 80 ficou clara através dos macaquinhos e dos óculos redondos.

Cantão apresentou looks confortáveis e modelagens diferenciadas. Mais uma vez o branco total aparece; também marcaram presença o amarelo, laranja, verde, preto e estampas.  O tricô e a lã entraram em cena junto ao maxi recorte das peças.


Acquastudio trouxe uma brincadeira com as cores: misturou tons invernais com cores cítricas além dos metalizados. Ponto forte do desfile foram as texturas diferenciadas.

Maria Bonita Extra
 apresentou uma coleção inteira com comprimento mini, saias e vestidos com volumes explorados e elegantes. O branco, azul e vermelho predominaram na passarela.


A Coven trouxe referências Maias para a sua coleção, diversas texturas, franjas e estampas geométricas. As cores foram bem invernais: verde-musgo, preto e camelo. Mas houve pontos de luz em rosa e verde.

A TNG mais uma vez contou com dois atores do momento, Carolina Dieckmann e Marcelo Serrado, para apresentar sua coleção ready-to-wear. A marca propôs a harmonização da cena urbana com o campo. Muito jeans, tricô e blazer.


Filhas de Gaia trouxe uma mistura do Japão e da África. Silhueta alongada e com fendas se ressaltaram, assim como os maxicolares.

Giulia Borges buscou nas bonecas a essência de sua coleção. Foram vestidos com camadas e presença de tule. Na cartela de cores estava o preto, branco, rosa e amarelo fluo.


Espaço Fashion teve o Rio como referência para a coleção. A seda estampada foi ponto forte do desfile, junto ao dourado, preto e ao azul

Os desfiles de moda normalmente geram muita discussão, pois em sua maioria apresentam roupas conceituais e que não são comercializadas exatamente como foram desfiladas. Isso acontece pois fica muito mais fácil perceber quais serão as apostas de cada estilista através do exagero, não concordam? Por esse motivo as semanas de moda são o momento ideal para a criatividade ser explorada.

Imagens: Fashion Forward

Nenhum comentário:

Postar um comentário